fbpx

Green Future-AutoMagazine

O novo portal que leva até si artigos de opinião, crónicas, novidades e estreias do mundo da mobilidade sustentável

Renault lidera venda de elétricos em 2020

A Renault registou, em 2020, um crescimento de 28% nas vendas de automóveis elétricos em Portugal, alcançando uma quota de mercado de 17,5%, que corresponde a um total de 1.415 unidades vendidas (passageiros e comerciais ligeiros). 6,2% dos automóveis vendidos pela Renault no ano passado foram 100% elétricos.

O segmento dos elétricos esteve em contraciclo num mercado que registou globalmente um ano muito negativo, com uma forte quebra nas vendas motivada pela pandemia de COVID-19. Com efeito, em 2020, as vendas de automóveis elétricos em Portugal cresceram 14%.

Com 1.208 unidades vendidas, o que corresponde a um crescimento de 25% face a 2019, o Zoe foi, naturalmente, o modelo mais vendido pela marca francesa, sendo também o segundo automóvel elétrico mais vendido em Portugal no ano transato.

No mercado de comerciais ligeiros elétricos, o Kangoo Z.E. manteve-se como a referência absoluta. Dois em cada três comerciais ligeiros elétricos vendidos em Portugal, em 2020, são Renault (66% de quota de mercado).

Para além do mercado de veículos elétricos, a marca deu continuidade à estratégia de progressiva eletrificação da gama, com o início da comercialização, no último quadrimestre do ano passado, dos primeiros modelos híbridos e híbridos plug-in: o Clio E-Tech Híbrido, o Captur E-Tech Híbrido Plug-in e o Mégane Sport Tourer E-Tech Híbrido Plug-in.

Os modelos eletrificados representaram, no total, 9% das vendas de automóveis de passageiros da marca.

Lançamentos em 2021

A Renault planeia um ano de 2021 com muitas novidades, sobretudo a nível dos modelos eletrificados. No mês de janeiro, o Twingo Electric chega à rede nacional de concessionários da marca francesa. Posteriormente, a gama será alargada pela chegada do Captur E-Tech Híbrido e da versão berlina do Mégane E-Tech Híbrido Plug-in.

2021 assistirá também ao lançamento do Renault Arkana, que inclui uma motorização híbrida, enquanto a Dacia fará a entrada no mundo da mobilidade elétrica com o Dacia Spring Electric.

Renault Eco-Plan

No início de 2020, a Renault apresentou o Renault Eco-Plan, um plano multidisciplinar que visava promover uma mobilidade mais sustentável, através de apoios diretos da marca à renovação do parque automóvel (Eco Abate), medidas concretas de apoio ao desenvolvimento da mobilidade elétrica (Eco Charge e Eco Tour) e o lançamento de novos produtos de acesso à mobilidade sem obrigatoriedade de posse (Eco Mobility).

Em 2020, as soluções de aluguer operacional, em que os clientes contratam uma solução de mobilidade sem a obrigatoriedade da posse do automóvel corresponderam a 10% do total de financiamentos realizados a clientes particulares. 

O produto, disponibilizado a partir de maio de 2020 para as gamas Twingo, Clio, Captur e ZOE ,será alargado, ainda em janeiro de 2021, à marca Dacia, nomeadamente aos modelos nucleares Sandero e Duster.

Fonte: Renault

Show More